Criado em 2012, Don’t Fuck My Planet (DFMP) empreende ações que fazem a diferença em termos de proteção do meio ambiente : suas missões de limpeza aumentam a conscientização pública.
 

O simples fato de se abaixar para pegar objetos que não valem nada leva de fato à sua valorização. No entanto, esse ato ecológico, ao contrário da lógica econômica atual, aumenta a auto-estima com a satisfação de um trabalho realizado. Nada é mais gratificante e agradável do que restaurar o antigo esplendor de um sítio natural desfigurado pelos detritos de nossa sociedade de consumo.

Se desejamos entrever um futuro melhor para nossos filhos, antes de ensiná-los a contar, teremos que ensinar-lhes o que realmente conta. Essa é a condição única para que possamos legar a herança inestimável de uma mãe Natureza já danificada. Nós consideramos a sua hospitalidade como garantida, mas esta não nos pertence : ela é gratuita para todos.

Em uma busca perpétua de lucros, nossa sociedade de consumo só pode criar ambientes hostis à espécie humana, através de suas ações irresponsáveis e destrutivas de ecossistemas. Nós afirmamos, por nossas ações, pertencer a um mundo em mudança, do qual somos os protagonistas.

DO NOT FUCK AROUND WASTING YOUR TIME…
 
WISH TO SEE".
" BE THE CHANGE

Gandhi